Melhores jogadores brasileiros da história

Quais são os melhores jogadores brasileiros da história? Vivemos em um país que revelou os maiores atacantes de todo o futebol, mas também vários outros ícones de outras posições, como Zico no meio-campo e Roberto Carlos na lateral. Hoje, falaremos sobre os melhores jogadores brasileiros da história. Leia conosco, vamos lá!

4 melhores jogadores brasileiros da história

4. Romário

Romário é certamente um dos maiores atacantes brasileiros de todos os tempos. Imprevisível em campo, era uma verdadeira raposa na grande área, capaz de marcar em qualquer situação com faro de gol. Jogador muito técnico, sabe criar espaço mesmo nas defesas mais densas. Seus inúmeros gols fazem de Romário um dos maiores artilheiros da história do futebol.

Começou a carreira no Vasco da Gama, clube ao qual voltou três vezes ao longo da carreira. Mas foi especialmente durante sua passagem pela Europa que Romário deixou sua marca.

Ele venceu o campeonato holandês três vezes com o PSV Eindhoven e, em 1994, venceu a La Liga com o Barcelona. No mesmo ano, ele chegou à final da Champions, mas o Barça perdeu para o AC Milan, que posteriormente perderia a final do Mundial de Clubes para o São Paulo Futebol Clube. O resto de sua carreira o levou a vários clubes, principalmente no Brasil, mas também no Catar, Austrália e Estados Unidos.

Com a Seleção, Romário entrou na Copa do Mundo de 1990, mas o Brasil foi eliminado nas oitavas de final pela Argentina. Foi quatro anos depois que ele ficou conhecido. Marcou 5 gols durante a competição e ajudou seu time a vencer a Copa do Mundo.

O brasileiro também foi eleito o melhor jogador da competição. Apesar de uma lesão que o impediu de participar em 1998, Romário ainda é considerado um dos melhores jogadores brasileiros da história.

3. Ronaldo

Um atacante lendário que marcou toda uma geração, Ronaldo é claramente um dos melhores jogadores brasileiros da história e que movimentou o mundo das casas de apostas de futebol. Muito rápido e habilidoso com os dois pés, o R9 era um excelente driblador, capaz de jogar nos menores espaços.

Além de sua capacidade de romper as defesas, ele também era um excelente finalizador. Com todas as qualidades de um número 9 perfeito, Ronaldo também está incluído no nosso no ranking dos melhores atacantes da história.

Ronaldo começou no Cruzeiro, onde rapidamente deixou sua marca. Ele se mudou para o PSV Eindhoven em 1994, onde ganhou a copa nacional e marcou quase um gol por jogo por duas temporadas.

Depois de apenas uma temporada no Barça e uma vitória na Copa do Rei, ele se juntou à Inter na Itália. Ronaldo ficou lá por 4 temporadas e ajudou seu time a conquistar a Champions em 1998.

O brasileiro voltou então para a Espanha, desta vez para o Real Madrid, onde conquistou a La Liga, entre outros títulos. Ele terminou sua carreira com o Corinthians no Brasil, depois de breve passagem pelo Milan.

Com a Seleção, sua história é ainda mais mágica. Campeão mundial em 1994 sem ter disputado uma única partida, deixou sua marca quatro anos depois, mas o Brasil perdeu a final para a França de Zidane depois da convulsão de Ronaldo.

Em 2002, ele conseguiu levar o Brasil ao seu 5º título da Copa do Mundo, enquanto liderava a competição com 8 gols. Ronaldo se tornaria o maior artilheiro de todos os tempos na história da Copa do Mundo por alguns anos antes de seu recorde ser quebrado por Miroslav Klose, justamente naquele emblemático 7 a 1. 

2. Garrincha

Considerado por muitos o maior driblador de todos os tempos, Garrincha é uma lenda de nosso país. Conhecido por suas acelerações estonteantes, seus cruzamentos precisos, mas acima de tudo suas fintas, é considerado como um dos melhores alas da história.

Sua agilidade com a bola permitiu que ele superasse qualquer defensor. Além de ser um grande passador, Garrincha também foi capaz de marcar de longe com seu chute forte.

Garrincha foi fiel ao Botafogo por muitos anos e passou quase toda a carreira no clube carioca. Ele ganhou o campeonato carioca três vezes e o torneio Rio-São Paulo duas vezes.

Levou seu time às semifinais da Copa Libertadores, mas perdeu para o Santos de Pelé. Depois de marcar 232 gols em 581 jogos, Garrincha deixou o Botafogo, mas jogou apenas mais alguns jogos por vários clubes brasileiros.

Garrincha foi convocado para a seleção em 1955 e disputou a Copa do Mundo de 1958. Foi excelente durante toda a competição, dando várias assistências e ajudando o Brasil a conquistar sua primeira Copa do Mundo.

Um pouco ofuscado por Pelé durante a competição, deixou sua marca quatro anos depois, quando seu companheiro de equipe se machucou. Artilheiro da Copa do Mundo de 1962, mostrou ao mundo seu talento e conquistou seu segundo título consecutivo. Quando Garrincha e Pelé estavam em campo, o Brasil nunca perdeu um jogo.

1. Pelé

Uma verdadeira lenda da história do futebol, Pelé é frequentemente visto como o melhor jogador de todos os tempos – e sabemos que essa afirmação é verdadeira. Um jogador excepcional, tanto física quanto tecnicamente, permaneceu no mais alto nível por mais de 15 anos.

Ele ainda detém muitos recordes e é um dos maiores artilheiros de todos os tempos. A pegada que deixou no jogo é inconfundível e deixou uma impressão duradoura nos fãs de futebol por gerações.

A carreira profissional de Pelé no nível de clubes foi principalmente no Santos. Em 18 temporadas, alcançou performances incríveis e conquistou inúmeros troféus, incluindo 11 Campeonatos Paulistas e 2 Copas Libertadores. Pelé também ganhou a Copa Intercontinental duas vezes na década de 1960, contra Milan e Benfica.

Durante esses longos anos, ele manteve uma proporção incrível de quase 1 gol por jogo. Pelé encerrou sua carreira nos Estados Unidos com o New York Cosmos, onde também conquistou o campeonato em 1977.

Mas Pelé é ainda mais conhecido por suas façanhas com a seleção brasileira. O jogador mais jovem a vencer uma Copa do Mundo em 1958, ele também foi campeão mundial em 1962 e 1970. Isso o torna o único jogador da história a vencer a Copa do Mundo três vezes.

Seus inúmeros gols e grandes jogadas técnicas nessas competições contribuíram para sua lenda. Pelé merece seu lugar no topo da lista dos melhores jogadores brasileiros da história. Até a próxima!